Home » Bombeiros » Policial militar é morto após reagir a tentativa de assalto em Atalaia

Policial militar é morto após reagir a tentativa de assalto em Atalaia

Uma tentativa de assalto a uma van que fazia transporte alternativo acabou com dois mortos, na manhã desta quarta-feira (26), na zona rural do município de Atalaia. Uma das vítimas foi um policial militar, que reagiu ao assalto.

O sargento Renildo Ferreira foi baleado e não resistiu à gravidade dos ferimentos. Ele conseguiu ferir e matar um dos suspeitos de participação no assalto, que não teve o nome divulgado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP).

A tentativa de assalto aconteceu no início da manhã, num trecho da BR-316, no povoado “Branca de Atalaia”. Outras duas pessoas teriam participado da ação, mas ainda não foram localizadas por militares da 4ª Companhia Independente.

Em nota, o secretário de Segurança Pública, coronel Paulo Domingos de Lima Júnior, lamentou a morte e repudiou o que classificou como “ousadia dos criminosos”. Ele garantiu que a SSP fará “buscas incansáveis para a identificação e prisão dos culpados”.

De acordo com a assessoria de comunicação da SSP, o militar estava no banco do passageiro quando o assalto foi anunciado. “A informação é de que o motorista ficaria em Maceió e ele [policial] retornaria dirigindo para Arapiraca”, informou a secretaria.

CONFIRA A NOTA DA SSP:
O secretário de Estado de  Segurança Pública, coronel Lima Junior, lamenta a morte do sargento RR Renildo Ferreira, ocorrida durante tentativa de assalto, na manhã desta quarta-feira (26), no município de Atalaia.
O militar, apesar de ser da Reserva Remunerada, continuava a ser integrante da briosa corporação e morreu honradamente  defendendo outras vidas dentro de um veículo que fazia transporte de passageiros de Arapiraca a Maceió.
 Toda a Segurança Pública se solidariza com familiares e amigos do sargento repudiando a ousadia dos criminosos, mas garantindo buscas incansáveis para a identificação e prisão dos culpados. O sargento chegou a trocar tiros com um dos assaltantes , também atingindo-o fatalmente.
As policiais alagoanas não irão recuar perante a covardia de criminosos que tentam gerar pânico e intimidar a sociedade alagoana. Respostas já foram dadas e  o combate continua.
Fonte: Gazetaweb.com.br